domingo, 15 de janeiro de 2006

Notícias da Tijuca

Nada demais.

Não. Não é post enche lingüiça, apenas vontade de escrever e não saber o quê. Puro desabafo. Basicamente auto-irritação com a impotência que me assola. Abre parênteses: podem ler ao lado que impotência me frustra demais. Fecha parênteses.

Falar sobre o acontece no Brasil ou Mundo. Sei lá. Pra ser muito honesta, a Claudinha-super-sintonizada-em-tudo-o-que acontece hoje não tá nem aí. Não leu jornais. Não ouviu rádio. Não viu tv. Não sabe nada sobre nada. E o que assusta é que se sente muito bem assim.

Voltando à primeira pessoa, na prática (tenho sido muito prática ultimamente), almocei com minha família e voltei para casa angustiada com um raio de um remédio que está provocando fissuras na coluna da minha tia. Não quero pensar no assunto. Não adianta. Não sou médica. Nem sou a química farmacêutica que um dia desejei ser para tentar entender o que acontece. Opinar? Nem pensar. Impotência. Impotência. Impotência. Falta água longe daqui. Impotência. Falta comunicação entre as pessoas. Impotência. Palavra do dia.

Virei ostra. Abre parênteses novamente: vocês também podem ver aqui ao lado que virar ostra é muito fácil para a pessoinha aqui. Fecha parênteses.

Filmes. Vi filmes a tarde toda. Seguidos. Viciantemente. Intervalo para desabafar na web, mas já volto pro sofá. Quero mais, mais. Jonnhy, Susan, Winona, James, Kevin, Kate, Haley. Agora Sean e Susan (novamente). Calor. Muito calor. Já já o domingo acaba e que seja bem-vinda a rotina de segunda. Semana curta e fim de semana prolongado, desejado (muito desejado) e abençoado.

Nota: post extremamente motivado pela frustração. Cláudia não é perfeita. Não se pretende ser (apesar de já o ter feito). A assessoria de imprensa do blog divulgou que em breve ela retoma suas atividades com Tudo em Simas de verdade. Como deve (ou deveria ser). Até.

3 comentários:

Sérgio disse...

Claudia

ninguém é perfeito(a) e é isso que nos torna tão interessante aos olhares dos outros.Sua impotência, ás vezes, nada mais é do que a vontade de sempre ter o domínio ou então poder ter sempre a situação sob seu controle, ou mesmo ainda, ter como oferecer as soluções para todos os problemas.
Calma companheira, pois lembrando uma frase minha, no final tudo se resolve !
Lembre-se que, mesmo longe, estarei sempre ao seu lado.
Um grande beijo e Tudo em Simas também é ser um pouco assim ( ostra, impotente, etc )

Ricardinho disse...

Tudo bem estamos todos iguais a vc, impotentes!!! Liga ñ as coisas são assim sempre nos levando a impotência e com certeza nos colocando também em uma caixinha fechada sem poder fazer nada.
Mas as vezes é bom ficar assim e ñ ter a responsabilidade ou a sabedoria de resolver tudo, isso é muito bom !!! Beijos sempre seu Ricardo.

Anônimo disse...

Eita ferro, credo eu até me assusto ao ver vc falando assim... Liga não, isso passa!!! Faltando água, nem precisa esquentar a cabeça, sabe que D. Dalva é quem triplica o grau de dificuldade, ou talvez não, talvez eu é que seja um pouco "deixa a vida me levar"...e os pimpolhos também são como eu...por que ontem consegui refrescar o pimpolho com apenas um pote de dois litros de sorvete cheio de água e na pia do banheiro.....pergunta se ele não ficou feliz da vida? Então, nem é tão tão tão grave assim!!! Beijinhos, e tô te proibindo de falar assim novamente!!! Ah, e tô me sentindo como se tivesse perdido minha "virgindade", pois é o meu primeiro comentário aqui no blog.....pra te deixar felizinha....a minha primeira vez foi muito boa e adorei....vou acabar viciando, bom da comunidade eu já fazia parte mesmo!!!! Um beijo, te amo....amanhã estaremos juntas, ok!!! Viviane Simas